Afinal, o que são habilidades socioemocionais?

Atualizado: 1 de Nov de 2018


A educação, por muitos anos, deu um grande valor às capacidades cognitivas dos discentes, exigindo deles a captação de conteúdo, interpretação, argumentação e o treino de intensos exercícios, preparando-os para provas e testes.

Tais habilidades têm sua importância, mas o erro da educação tradicional está em dar a elas demasiado valor, pois sozinhas não são capazes de preparar os alunos para enfrentar os desafios e obstáculos que os espera quando sai da escola. É aí que entram as habilidades socioemocionais, as quais irão possibilitar que os discentes tenham mais empatia, aprimorem suas relações sociais, saibam tomar decisões de forma responsável, alcancem suas metas com postura madura, entre outras múltiplas possibilidades.

Nesse artigo entenda melhor o que são as habilidades socioemocionais, a importância dela para os alunos do século XXI e como é possível desenvolvê-las.


No mundo globalizado em que vivemos saber lidar com as nossas emoções é imprescindível para que consigamos enfrentar os problemas cotidianos, manter boas relações emocionais e saber utilizar as emoções para que tenhamos controle das situações em que nos inserimos.

O problema é que por muitos anos a escola, enquanto instituição formadora e educadora, não estimulou nem desenvolveu essas capacidades emocionais de forma eficiente, pois, até então, elas não eram tão valorizadas. Saber utilizar as nossas emoções de forma controlada e dentro dos contextos os quais vivenciamos é uma capacidade que foi deixada de lado em função da alta valorização do ensino formal e tradicional.


Por sorte, estudos na área socioeducacional confirmam que desenvolver nossas aptidões a partir da nossa inteligência emocional são definitivos para aprimorar nossa relação intrapessoal (com nós mesmos) e interpessoal (com as pessoas a nossa volta).

Muitos entendem as capacidades socioemocionais como as qualidades interiores que são desenvolvidas ao longo do nosso amadurecimento. E, se não estimuladas pela escola, conforme indicam os estudos, poderão fazer grande falta em determinadas situações.

Hoje, percebemos que muitos adultos, que, inclusive, consideramos experientes e maduros, já reclamaram de alguma situação desafiadora para qual não se percebiam aptos a lidar emocionalmente.



E quais são as habilidades emocionais?


As habilidades socioemocionais foram organizadas por vários teóricos, cada uma dando dentro do seu contexto de estudos. Separamos algumas delas:


Amabilidade;

Autoconhecimento Emocional;

Automotivação;

Consciência;

Controle Emocional;

Extroversão

Habilidade em relacionamentos interpessoais e

Reconhecimento de emoções em outras pessoas.


Outras características importantes sobre as habilidades socioemocionais são a liberdade de aderir novas experiências em diferentes meios, sejam elas intelectuais ou culturais. A forma de comportamento também é outro ponto, que pode tornar o indivíduo alguém mais organizado e responsável.

As habilidades socioemocionais também estão ligadas a energia, que pode ser orientada, de forma positiva, para aquilo que seja do seu interesse. Além disso, estas habilidades também englobam o comportamento cooperativo e a consistência de expressões emocionais, evitando o descontrole perante o inusitado.


Apesar de serem questões mais subjetivas, são habilidades que podem ser aprendidas, praticadas e ensinadas, tanto em casa quanto no ambiente escolar.

Isso não significa deixar as habilidades cognitivas de lado, mas trabalhá-las em conjunto para que o conhecimento adquirido pelo aluno seja, de fato, prazeroso, e que ele esteja preparado para enfrentar quaisquer obstáculos que perceber a sua frente.

Gostou do conteúdo? Leia mais sobre esse e outros assuntos no nosso site ou entre em contato: sejamais.net/blog


#dicasdeblog #social #emocional #século21 #aprendizagem

0 visualização
 

13 3232-1288

©2018 by SEjá +. Proudly created with Wix.com